E agora?

Definição de Viajar (verbo):
1) fazer uma viagem ou viagens
2) partir de viagem
3) transitar (por um caminho, estrada etc.)
4) passar por, ao longo de (lugar ou lugares) viajando; percorrer, visitar
5) Derivação: sentido figurado, sofrer alucinação sob o efeito de alguma droga alucinógena

RIO DE JANEIRO_NITERÓI

Agora que vos contei a minha viagem e todos os sentimentos e experiências que ela me trouxe, o que fazer?

Há algumas dicas que se tornam importantes saber para quem quer viajar e organizar TUDO sozinho. Parece-me que a primeira coisa que merecem que vos conte é que …

#1 – Mesmo planeando tudo, o inesperado vai acontecer quando menos esperarmos. Aproveitem!

#2 – Com tempo (quase) tudo fica mais barato. Organizem-se!

#3 – Viajar sozinho é a melhor experiência que nos podemos permitir (mas os custos aumentam). Atrevam-se!

#4 – Quem confia, é confiável … e por aí vai toda a amizade que se fizer vinda do nada. Confiem!

#5 – O seguro morreu de velho, e entre os imprevistos do #1 não ter seguro não conta como inesperado, precaver é a melhor atitude e o melhor investimento. Protejam-se!

#6 – Saber o tipo de viajante que se é, de forma honesta, como eu, por exemplo, que não sou mochileira, nem campista, nem motoqueira … mas adoro uma tasca de bancos corridos, umas tapas para trincar e um velho ancião para conversar … ainda que ir ao Rio de Janeiro torna-se também obrigatório ir almoçar ao Copacabana Palace! Conheçam-se!

#7 – Orçamento versus Prioridades, quer isto dizer, convém saber quanto se vai gastar mas principalmente onde se vai fazê-lo. Uma refeição de 5€ pode estar de bom tamanho, assim como um salto de parapente de 120€ ser obrigatório. Façam!

#8 – A pressa é inimiga da boa experiência. Mais tempo para ver, menos correria para conhecer ou não fazer nada. Relaxem!

#9 – Ser turista (cafona) ou Viajante (cheio de pinta)? Os dois, é claro! Quanto mais deslumbrado, mais turista. Quanto mais observador, mais viajante. Quero só ver a cara de todo aquele que sobe pela primeira vez ao Cristo Rei, no Rio de Janeiro, e não ser o mais turista que existe com tamanha beleza? Mas, com uma cerveja na mão, gelada de preferência, sentado na pedra do Arpoador, a ver aquele espectáculo de pôr de sol, qualquer um é carioca, né não cara? Sê tu mesmo!

#10 – Por fim, e porque 10 dicas está de bom tamanho, onde ir, quando ir e com quem ir? Talvez as três questões existencialistas que martelam a cabeça de todo o inquieto que quer partir. Então parta!

Travessia (1)

Agora, vou organizar as ideias para quem quiser fazer o que eu fiz!

E depois? Depois, quem sabe, numa próxima viajamos juntos!

mh

One thought on “E agora?

Gostou? Que bom! Deixe um comentário. Até breve!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s