No Ferryboat Dorival Caymmi

Ferry Dorival

Chegava a hora de deixar o esperado e partir para o apenas imaginado. Embarcava no ferryboat Dorival Caymmi e isso era já de si um bom prenúncio!

Ferry I

O ferry ia cheio de carros, motas, camiões, mercadorias, mulheres, homens, crianças. Uns iam a trabalho. Outros a passeio. Ia cheio de vida!

Ferry com o Fábio

A viagem de Salvador a Itaparica duraria cerca de uma hora e a conversa fluía solta partilhada entre sorrisos amigos.

Ferry lembranças

O regressar ao mar foi por instantes nostálgico e fez-me retroceder nos dias. Afastei as lembranças e dispus-me ao presente.

Ferry II

Partiria depois de carro com o Fábio que me iria levar de Bom Despacho a Valença, percorrendo a BR1, pela Costa do Cacau, com o verde da mata atlântica sempre ao nosso lado, durante duas horas. O tempo era contado e valeu-nos a estrada, boa e desimpedida.

Chegados a Valença, corri para a bilheteira onde comprei o bilhete de ida e volta, de barco a motor, o último para Boipeba. Eram quatro horas.

Enquanto isso, fui recebida por um Carnaval improvisado por alunos que festejavam o fim do ano escolar! E aí lembrei-me dos meus alunos, que ficaram, e que preparavam o início do deles. Onde quer que se vá, leva-se sempre quem se deixa.

mh

 

Gostou? Que bom! Deixe um comentário. Até breve!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s